Morte de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes. - ESA - Escola de Sargentos das Armas Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

Página inicial > Max Informa > Morte de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes.
Início do conteúdo da página
DIa de Tiradentes
Criado: Quarta, 21 Abril 2021 09:00

Ao final do século XVIII, havia um clima de insatisfação na rica colônia das Minas Gerais causado pela escorchante tributação do governo português sobre a atividade aurífera, pelo desprestígio dos luso-brasileiros em relação aos portugueses natos e pelas ideias iluministas que vinham da Europa. 

Em 1789, organizou-se na região de Vila Rica, hoje Ouro Preto, uma conspiração com o objetivo de obter a independência. Faziam parte do movimento intelectuais, padres e militares e não havia consenso em todas as ideias: alguns pretendiam a República, outros queriam a Monarquia, uns eram abolicionistas, outros escravocratas.

A conspirata ou “inconfidência” foi denunciada por um militar português contatado para integrá-la. Seus líderes foram presos e processados pelas autoridades portuguesas. Ao fim de três anos de processo, um dos líderes assumiu toda a responsabilidade e foi executado no dia 21 de abril de 1792, no Rio de Janeiro: o alferes Dentista Joaquim José da Silva Xavier.

Pelo seu sacrifício e exemplo, Tiradentes foi declarado patrono Cívico da Nação Brasileira,em 1965.

Foto: ESA - E5 - Fotocine

 Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

registrado em:
Assunto(s): tiradentes
Fim do conteúdo da página